Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2006
DIÁRIO DE UM MARIDO SOZINHO EM CASADiário de um marido que sempre repetia que as mulheres se queixam dosserviços domésticos, quando só é preciso um pouco de organização.

DOMINGOVamos passar uma semana tranqüila sem problemas e sem reclamações..Acho que teremos uma semana inesquecível - o cachorro e eu.Tracei um plano e programei meu tempo.Sei exatamente quando acordar, quanto tempo ficar no banheiro e quantotempo levar preparando o café.Tudo planejado.Também somei o número de horas de que preciso para lavar,arrumar, levar ocachorro para passear, fazer compras e cozinhar.Estou agradavelmente surpreso em ver que ainda me sobra muito tempo livre.Não sei porque as mulheres fazem o serviço de casa parecer tão complicado,quando toma tão pouco tempo e é só se organizar.O cachorro e eu jantamos um filet mignon cada um.Coloquei sobre a mesa a toalha de festa, uma vela, além de rosas para criaratmosfera agradável.Ele come patê de entrada, depois outra vez no prato principal, com finaguarnição de…
Preciso da sua preciosa voz
Preciso sentir nossos sentidos
Quero nossa vida como antes
Você jamais será o mesmo sem que antes me procure
Preciso realizar meu desejo
Você não me sente mais
Quero sua voz
Suas mãos me tocando...
Quero meu corpo tremer
Meu corpo doá-lo como uma presa no cio
Quero arrebatar
Fazer estourar músculos
Quero amá-lo sem que aja um porque
Quero antes despí-lo aos sentimenos puros e simples para o amor que sinto.
Meu corpo ainda é meu
Você não apareceu
Quero delirar essa noite
Só que vejo sintonia de outra pessoa
Chorei,
Arranquei feridas da minha carne
Despi-me
Joguei-me num vale escuro
Gritei!!!
Ninguém me ouve
Ninguém sabe do meu sofrimento
Vontades, carnais, desejos sentimentais
Corpos distantes ainda
Ausentes de tempo e espaço
Corpos loucos e vorazes
Que de um encontro;
Vale apena nos cansarmos uma noite inteira
Vale a entrega sem parada
Vale seu amar voraz
Vale meu arrepiar a cada segundo
Como quero
Sigo
Persisto
Não resitsto...
Quero sentir...
Preciso sentir!









PAOLA VANNUCCI
Mas...

Sinto-me loucamente presa a vida,
Sem repousar refugiei-me,
Distancie-me e acordei num súbito momento que,
Apertando a sua mão
Senti o seu desespero,
Senti sua fuga,
Perda do sonho,
Meu querido, não o perca,
No sonho sentimos o que Deus nos quer revelar,
No sonho realizo meus sentidos,
Um deles é segui-los ao meio fio como um lindo beija flor a trazer a magnitude do seu brilho.
Mas...
Sempre um, mas...
Você quebrou o encanto do desejo,
Deixando-se levar pela dor.
Mas...
Sempre, mas...
Estou aqui a fortalecê-lo,
Estou aqui a guiá-lo.
A paz está presente no sonho ditado por Deus
Que realiza nossos objetivos aqui cumpridos,
Um deles: ESTAR CONSIGO...
Mas...
Sempre um, porém...
Descubra meu querido,
descubra....




Paola Vannucci