Postagens

Sobre BirdMan

Imagem
Sobre a nau que o guiara para Alcatraz,
Viu nas águas livres crianças brincar.
Escutou solta voz que clama a liberdade que jamais teve.
Vejo-o na sua prisão.
Da qual seu crime será um eterno castigo.
Da qual descobre o cantar de um pássaro,
Frágil e desprotegido.
A resposta Divina de como interpretar sua vã caminhada. Para onde seguir? 'Se me tranco nesta prisão onde
Ignóbeis pensam que fazem algo de concreto'.
'Aquele primeiro pássaro, fez-me dar
o primeiro passo'.
'Já o segundo, fez-me refletir o quão nada sou, sem esta prisão'. Visão dos meus sentidos.
Prisão e aparente vã liberdade,
Naquela volta do pássaro.
Na volta ao ninho,
A volta para a morte. Sábio prisioneiro que avistara o pobre pássaro.
Sábio prisioneiro que respondia verdadeiramente para seu
Carcereiro. Por mais volta que a vida o proporcionara sempre voltou a sua prisão.
Esta da qual seu mundo trancado somara tais soluções,
Que determinava ao escrever e sentir o cantar daquele pássaro. Dou tom na vida …

A ETERNA MÚSICA

Imagem
A viagem musical insiste na arte que me faz pensar,
Rumos inquietos que a vida me trás.
Transbordo meu tempo nas produções das quais,
Me trazem prazer. Amo ter que ir e vir, Amo ter que permear cultura, Aliar esta ao meu trabalho. Desamo a desordem Política deste País, Mas amo meu íntimo que pede luta. Minha viagem é enigmática, nem todos entendem, Não precisam.... Nem todos sentem, Não compreendem, Não preciso... Pois desta vida o que levarei? Apenas lutas, algumas conquistas, Quem sabe o muro, Para um abismo saltar? Quando na ideia de uma pobre criança, que Fugira de tamanha insatisfação. Quem sabe? Não sei, Não sabemos. Não precisa ao menos pensar.
Precisa apenas compartilhar da canção, Que não para de tocar, até que Mercenários caem em si e tramam política de Base justa a  todos!

A Cor que Chama Sua Atenção

Imagem
A imagem de uma criança corre o mundo, 
Com tristeza e lamentos, 
Mas várias imagens de várias pessoas, 'seres humanos', que 
Cortam mares e oceanos. 
E o mundo se cala, dizendo, mais um barco, 
Um naufrágio. 
Qual a cor que nos chama atenção? 
Lembrando aqui que fico triste .
Com tantas mortes desenfreadas, 
Choro calada sem me manifestar, 
Pois palavras são sumidas, 
E o calor esfria diante de tantas maldades. 
Se um povo foge de seu país é porque não há 
 Meios de sobrevivência, 
Ainda que exista uma esperança além mar,
Ainda que tenham canibais mais além dos olhos de quem viaja, 
Existe vontade de viver sem esperar a quem, 
Exite sonho, 
Existe vontade de mudar. 
....Mas... 
Nada justifica a morte de várias como : 
Crianças, velhos, jovens e adultos.
 ...Mas... 
Qual a cor da morte que mais chamou a atenção do mundo? 


PAOLA VANNUCCI 
04/09/2015


O preço da honestidade

Quanto mais certinha sou, Convenço-me de que o mundo torto não é pra mim, O 'homem' calca meu calo e me diz: Você plantou e colheu errado, Não adiantou ser tão certinha, Se no meio do saco tem um fruto podre.
A vida honesta tem seu preço, Pago com meu corpo em transe, Que sofre E me calo, diante do caos, O homem não tem coragem de olhar nos meus olhos Mande seu representante Que diz: Ainda tentar algo que não condiz com a verdade A verdade está na palavra que Deus me diz: - Vá e não mintas! Vá e siga seu coração! Vá e caminhe pela Fé!
Vivo na realidade crua, E vejo-me diante de um computador a espera de uma resposta! Rezei dobrei meus joelhos doidos pelo desgaste, Clamei pela hombridade, Onde me resta esperar. O preço da honestidade.
Vejo coisas que não condizem, Não posso me calar, Um conselho pedido, uma resposta a revelar, Alguém a enxergar, O que me resta então é Apenas esperar.
Paola Vannucci
02/11/2013

Permita-me

Exaltai o mundo da Fé, Exaltai o caminho dos pobres, Caminhai pela Simplicidade.
Meu caminhar vagueia pela humildade, Mas não sei se minha Fé está fortalecida. Deus, meu bom Senhor, Faz-me rir com sua sabedoria. Deus, meu bom Senhor, Faz-me clamar mais por Ti.
Meu caminhar É a constante peregrinação por um Mundo Digno. Deus me permita abraçar a realidade, Plantando a semente da verdade. Sejamos justos, Tem multidões morrendo pelo caminho, Sem ao certo conhecer Tua palavra. Morrem pela Fé, Abafada pelos gananciosos.
Deus permita-me ser Simples, Pois vivo vida delicada, Ganho pão para sustento da minha casa, Permita-me Santo Padre, Dividi-lo ao próximo que necessite. Permita-me que este próximo não engane meu coração. Que este próximo não vanglorie da minha piedade e Peça em vão, Para depois drogar-se na esquina de cada rua.
Santo Deus permita-me lembrar aos povos que Papa não é Deus, E sim, Um representante que leva a mensagem da verdadeira Cruz,
Permita-me afastar os corvos que conspurcam o Teu altar Para que assi…

Vandalismo x manifestações

Imagem
Brasileiro não precisa devanear sobre um movimento, Precisa bradar bravamente por seus atos. Atos isolados, Reivindicações soltas. Motivos pequenos Diante do quanto temos que mudar Neste país. O que era pra ser o inicio, Tornou-se banalização. Selvageria não nos levará a lugar algum. Quem sabe conseguiremos ‘Medidas Provisória’ Como resposta? Pessoas sãs não depreciam suas imagens, Porcos e vândalos sim, exterminam o que seria causa. Sonhar por uma união, não nos chega a lugar algum, Lutar incansavelmente, nos faz chegar ao pleito dignamente.
Conversar e buscar, Honrar a Pátria, Cantar hinos, Abraçar a vitória, Reacender uma Nação...
Lembrar do passado e correr para o futuro. Lembrar que milhares de pessoas morreram Por lutarem dignamente, e só um, Era o culpado, Um Regime apenas...
Agora, Vandalizar um movimento que aparentemente, Seria ‘Acordar uma Nação! É provar que as garras desta mesma Nação Se fundem na inutilidade.
Paola Vannucci
22/06/2013

Estrela

Imagem
Tiros, pauladas, bombas...
Da história esquecida,
Observo verdade estampada no rosto de cada cidadão,
Meu coração vibrou ao ver a multidão nas ruas,
Povo da gana, da raça e da coragem.
Manifesto digno feito sem violência
Sem bandeira e sem cor,
Paz é o que pede a população fadada ao sofrimento.
Penso nestes dias,
Num grande ativista que conheci. RS!
Numa estrela que para mim
É imortal e sublime, que
Deixou um dia a semente no meu coração,
E por isso não descanso sem alcançar tais condições.
Choro muitas vezes.
Manifesto calada minha dor.
Mas ao ver aquela multidão,
Repetidas vezes orgulho-me de ser filha de quem sou.
Orgulho-me, pois corre em mim marcas,
Que seriam tristes, mas viro a cara,
Marcas sujas de um regime político.
Corre em mim o sangue fervente,
Que jamais abaixará a cabeça diante dos gananciosos.

Está mais que na hora de levantar a verdade,
Acordar para um mundo justo.
Devemos nos lembrar de todos aqueles que um dia lutaram,
E,
Não estão mais presentes,
Devemos correr pr…