Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008

Aquele que pensa em mim

Minha voz soa saudosa
Do beijo que ainda não tivemos.
Nossos pensamentos
Cruzam-se na minha ousadia,
Por falar tais sentimentos e
Apostar num futuro incerto.
Será esta a caminhada para felicidade?
Será um novo amor surgindo?
Minha boca deseja seus beijos,
Meus beijos suplicam seu amor
Meu amor quer sua voz sussurrada aos meus ouvidos.
Nossa dança por fim será única
Na poesia declamada diante do mundo.
No dia da enchente,
Não nos aquecemos, mas
Esquentamos palavras
Em propostas indecentes.
Resta-me
Dormir só novamente
Esperando mais uma vez
Aquele que está pensando em mim.


Paola Vannucci
28/12/2008

Voltando para casa

Pensei naquele caderno de anotações poéticas que tenho
Poderia dizer todos os meus sentimentos nele
Como confidencias desejadas,
Ah meu amor!
Como quero que este seja seu caderninho
Para que você possa guiar-me nos seus braços,
Levar-me onde for.
Mas tem uma coisa,
Esbarro pela vida e guardo sentimentos dentro de suas páginas,
Página nova,
Segredos novos,
Vidas sendo descobertas.
Minhas células pulsam,
Passo os minutos a pensar
Na sua doce e rouca voz,
É uma alegria e o riso evidencia meu estado.
Ternura, euforia.
Em meu caderninho existem vários segmentos;
Um deles a felicidade de ter a oportunidade de o conhecer.
Espero!
Meu coração diz:
Volte pra casa com esta certeza.

Paola Vannucci
02/12/2008