sexta-feira, julho 30, 2010

Canoas – Rio Grande do Sul




Para o homem não basta viver em uma enchente.
Precisa, porém, de chuvas de balas.
Canoas cedia mais uma tragédia,
Coitada, perdera vários homens,
E vitimaram um.
Famoso a sete palmos está.
Para o homem denegrir sua própria raça,
Precisa de bombardeios civis em nome da honra e do
Poder débil de poucos insolentes.
Inocentes pagam por mais esta chuva de balas.

Que nojo me dá ao ler noticiários.
Hoje no meu computador,
Chovia apenas músicas.

Paola Vannucci
30/07/2010