sexta-feira, setembro 18, 2015

A ETERNA MÚSICA




A viagem musical insiste na arte que me faz pensar,
Rumos inquietos que a vida me trás.

Transbordo meu tempo nas produções das quais,
Me trazem prazer.
Amo ter que ir e vir,
Amo ter que permear cultura,
Aliar esta ao meu trabalho.
Desamo a desordem Política deste País,
Mas amo meu íntimo que pede luta.
Minha viagem é enigmática,
nem todos entendem,
Não precisam....
Nem todos sentem,
Não compreendem,
Não preciso...
Pois desta vida o que levarei?
Apenas lutas, algumas conquistas,
Quem sabe o muro,
Para um abismo saltar?
Quando na ideia de uma pobre criança, que
Fugira de tamanha insatisfação.
Quem sabe?
Não sei,
Não sabemos.
Não precisa ao menos pensar.

Precisa apenas compartilhar da canção,
Que não para de tocar, até que
Mercenários caem em si e tramam política de Base justa a 
todos!


PAOLA VANNUCCI
18/09/2015

2 comentários:

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carmen Amorim disse...

Que lindo amiga! Seu blog e show.
Bjs Carmen Amorim