Permita-me



Exaltai o mundo da Fé,
Exaltai o caminho dos pobres,
Caminhai pela Simplicidade.

Meu caminhar vagueia pela humildade,
Mas não sei se minha Fé está fortalecida.
Deus, meu bom Senhor,
Faz-me rir com sua sabedoria.
Deus, meu bom Senhor,
Faz-me clamar mais por Ti.

Meu caminhar
É a constante peregrinação por um
Mundo Digno.
Deus me permita abraçar a realidade,
Plantando a semente da verdade.
Sejamos justos,
Tem multidões morrendo pelo caminho,
Sem ao certo conhecer Tua palavra.
Morrem pela Fé,
Abafada pelos gananciosos.

Deus permita-me ser Simples,
Pois vivo vida delicada,
Ganho pão para sustento da minha casa,
Permita-me Santo Padre,
Dividi-lo ao próximo que necessite.
Permita-me que este próximo não engane meu coração.
Que este próximo não vanglorie da minha piedade e
Peça em vão,
Para depois drogar-se na esquina de cada rua.

Santo Deus permita-me lembrar aos povos que Papa não é Deus,
E sim,
Um representante que leva a mensagem da verdadeira Cruz,
Permita-me afastar os corvos que conspurcam o Teu altar
Para que assim sejamos construtores da Paz.

Deus permita-me sorrir como o Papa,
Transmitir sabedoria e serenidade.

Paola Vannucci
27/07/2013

Comentários

Carmen Amorim disse…
Amiga, passando pra deixar meu beijo e que seu blog e maravilhoso!

Postagens mais visitadas deste blog

Homenagens aos pais - Minha formatura

Isadora Duncan (americana, 1878-1927 :: bailarina)

A Cor que Chama Sua Atenção