segunda-feira, janeiro 18, 2010

A nau


A nau partira com meu amor, deixando muita saudade.

Mal sabe ela que não devera plantar este feito.

A nau, sem querer, trouxera-me espanto e dor.

Triste fim será do mensageiro pombo, que

Ao chegar, noticiou-lhe uma catástrofe.

- Venho da América, não por sua amada.

- Trago-lhe a derrocada de um país inteiro.

- Um grande terremoto. – Disse o pombo ao meu amor.


A nau partira sem data a voltar.

O que será de nós diante do caos instalado por terra?

Distante do meu amor estou, quando

Mais uma vez o pombo retornou e me disse:

-Ele sente sua falta, mas teve mais um tremor na Guatemala...

-No meio do caminho aspirei também um tremor na Argentina.

Pobre e estarrecido me contava o pombo.


A nau voltará, tenho certeza, com meu amor a conduzi-la.

Não sei se fico tão contente com o pombo que

Deveria nos fazer felizes, enviando cantigas de amor,

Cantigas trovadorescas dos amores impossíveis/possíveis,

Cantigas ouvidas somente por nossos corações.


A nau moderna nos traz agonia, desassossego.

Pombos sortudos que rezam sabedoria, dizem:

- Graças ao Bom Deus estamos livres e voando.

Para ir e vir transmitindo mensagens,

Sejam quais forem.

Pergunto-me:

-Porque a nau insiste em tanto levar meu amor?

Só fiquei mais uma vez...

Mas agora com uma certeza:

Eu tenho um amor que me espera,

Mesmo que distante beirando o caos.


Paola Vannucci

18/01/2010

3 comentários:

Harold disse...

Espero que um dia a nau seja portadora de boas notícias e que as pessoas possam nela entrar para festejar.
Beijos!!!!

Neneca Barbosa - Um ser humano em evolução! disse...

Parabéns amiga!
Que a nau seja sempre portadora do verdadeiro amor.
Beijos!

Wellington disse...

A Nau Moderna da Paola também simboliza o Tau, letra grega de esotéricos significados. Tal qual ela descreve em seu belo poema, conjugando pombos com naves: Nau/Tau representa tanto o sofrimento quanto uma promessa de conforto e salvação.