Tromba d'água



Queria ter um mundo nas mãos

onde não houvessem urubus

patrocinadores da fome...


Queria partilhar das águas da pureza

mas a natureza sofre e chora;

Seu pranto, até entendo

seu clamor é vão.

E seres humanos, sabedores de si

agonizam diante do meio caos;

quem sofre, são muitos coitados, indignados com tanta tormenta;

A cada tromba d’água, levas de corpos borbulham

ao encontro de Deus.

E os políticos???

Grandes governos negligenciam moradias irregulares

para conquistar votos de necessitados;

"Covardia e enriquecimento ilícito."

Pane e desespero na falta de estrutura brasileira!

Na Austrália têm tragédias; poucos morrem,

lá, ao contrário, moradores recebem avisos pelos correios;

Aqui, avisos chegam tardios e sempre tem alguma negativa

ao antecipar ajuda.

Caos desenfreado : - Mortes injustas.

Povo da vida

Povo que luta o pão suado

Povo que se sacrifica deixando muitos órfãos

Mães que choram ao verem gerações morrerem

Bisavó perdera filha, neta, bisneta...


Terror da Natureza?

...

Resposta da Natureza moldando o que jamais era para ser mudado;

ou ainda vamos ter que aturar urubus sobre os escombros,

à procura de carne fresca?




Paola Vannucci

14/01/2011

Comentários

célia musilli disse…
oi Paola, este post está muito apropriado aos nossos dias...grata pela visita ao meu blog, saudades de vc. Um bj! E Feliz Ano Novo, ainda que meio atrasado...rs
Andrea disse…
Paola... sempre engajada, em forma de poesia.............................................
Will Lukazi disse…
Você é uma Ativista Literária, minha amiga Paola. Sim, é verdade : os urubus estão sobrevoando todos os dias a procura de carne fresca.
Muito bem frisado, ao seu belo estilo.

Parabens pelo post, pela voz de revolta, pelo pedido de socorro.

Bjussss
Anônimo disse…
Paola, suas poesias mostram a realidade que vivemos todos os anos, infelizmente, a realidade é dura e, se providências não forem tomadas, por parte de nossos governantes, esse problemaa pode se repetir e, mais pessoas voltarão a sofrer.
Suas poesias,como sempre, com temas bem atuais. Beijos.
Jane Peralva.
Anônimo disse…
PARABÉNS !!!

Seu blog está impecável.
Seus poemas deslumbrantes.

Vale a palavra de um admirador ?

Beijos, livros e flores.

Selmo Vasconcellos
Porto Velho - RO
L. Rafael Nolli disse…
Paola, um belo post, um poema que cai como uma luva para esses dias que estamos vivendo! É a realidade cantada em versos!
Bjs!
Martha Angelo disse…
Um poema que expressa o desabafo de muitos que não tem voz não só neste momento, mas há muito...neste país que continua refletindo a estrutura social de uma mentalidade escravista.Enfim... O poeta é assim..a antena sempre pronta a captar todos os sons do mundo!E para alcançar a poesia maior, na minha opinião, não podemos nos alienar!Parabéns!Acredito nesse caminho!
Daniel Aladiah disse…
Querida Paola
Estou contigo nessas causas, da paz, da luta contra a pobreza e a fome, pela salvação do planeta, pelo AMOR.
Um beijo
Daniel
Carmen Amorim disse…
Amiga, que linda sua
poesia. Em algumas linhas
vc descreve a realidade
com o descaso de uma politica de planejamento urbano em nosso país.
Falta atitude, planejamento e vergonha na cara dos nossos dirigentes.
Bjs querida
amiga
Cássio Amaral disse…
Segundo Juvenal o filósofo grego a ira serve para inspirar os poetas. Muito bom poema que é o retrato da nossa responsabilidade, sim também temos responsabilidade em tudo que está acontecendo, claro que as autoridades também tem.

Abraço e beijo.
Parabéns amiga pelo texto. Você sempre escrevendo sobre a realidade do dia-a-dia. Obrigada pela visita. Um beijo!
vc sempre coerente e realista, com poesias mescladas em sutilezas e rigidez, sempre critica no ponto certo. Parabens minha doce poetisa, vc sempre é surpreendente. bjs paolinha.
Carmen amorim disse…
Amiga, visitando o seu blog
de novo.
bjs
Ludymila Gemino disse…
Paola querida!!!!!
Como sempre...adoreiiiiii!!!!!
Parabens pelo talento...
sou sua fã...
.....................bjssss!!!
Paty disse…
Paô, "the best"! Você sempre nos surpreendendo com seu talento! Parabéns, menina! Você vai longe! Aproveito a oportunidade para informar que há um concurso de poesias e que você tem tudo para vencer! Participe! Mais detalhes no site:

http://www.concursosliterarios.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=368

Beijos da amiga e eterna fã!

Paty
Olá Paola!!! Bem bacana! Poesia engajada é poesia viva!!! Grande abraço!!!
Nélio Cícero disse…
Muito bom! muito inspirador! Você tem palavras pra expressar de forma contestadora! FELICIDADES 1000 pra ti! Meu blog é: HTTP://LEGENDAMAX.BLOGSPOT.COM e HTTP://CASTELODEMARCAS.BLOGSPOT.COM
citadinokane disse…
Solidariedade, esperança que tudo mude.
Há um aviso no ar, lei da ação e reação. Recebemos da natureza o que temos para ela.

Abs Paola!

Postagens mais visitadas deste blog

Homenagens aos pais - Minha formatura

Isadora Duncan (americana, 1878-1927 :: bailarina)

A Cor que Chama Sua Atenção