domingo, abril 27, 2008

Vozes




Vozes cruzadas,
Sons sentidos na alma,
O bater do meu coração eleva-se ao passo que o leio.
A todo instante que caminho, cruzo o horizonte,
Mas não o vejo e sim o percebo,
Pertenço ao mundo
Sigo por suas palavras
A vida me corrompe,
Seu trilhar de linhas me envolve,
Pertenço ainda,
Naquela antiga estrada de ferro que me fizera provar do mel
Era tão criança....
Via nos seus olhos límpidos e carentes um novo brilhar
A estrada já não é a mesma.
Sigo ainda o favo de mel,
Éramos inocentes como a corrida atrás daquele balão
Pena que nos dias de hoje se vê turbilhão ao invés
Das geleiras no final da montanha...
Que ecoava sua voz,
E agora some
Consigo apenas lê-lo.



Paola Vannucci
27/04/2008

12 comentários:

Harold disse...

Oi Paola!
Recebi sua mensagem no orkut e vim ler sua poesia. Gostei!
Ela tem a mais a ver com voc~do que a poesia anterior.
Voce é uma pessoa viva e bela.
O vídeo também é legal.
Beijos!

Mell disse...

amei a poesia minha linda
vc senssivel como sempre com as palavras lindoooo...

bijinhus

Mell

Fabrício Brandão disse...

Paola!

Uma certa nostalgia passa por aqui e arrebata as memórias de um coração sonhador.

Bela celebração de vida, querida!

Beijos

Leila Lopes disse...

tantas vozes nos deixam mil sentidos,

mil beijos.

Ivan Daniel disse...

Agora sim, voltando à tua essência romântica e sensível. Belo texto.

O Profeta disse...

Uma brilhante sinfonia de palavras...


Doce beijo

L. Rafael Nolli disse...

Olá, Paola, é sempre bom vir aqui para ler os seus poemas. O que encontro hoje é um poema nostálgico, que recupera o passado, com revê os fatos com aquele profundo olhar poético. As transformações no mundo surgindo como matéria-prima para os versos. Abraços!

Betty Branco Martins disse...

querida________Paola





________que "vozes" são essas




que me levam





deslizante





por_______caminhos





em.que.oiço.o.rir.das.crianças__________...








________aquele balão colorido_____...




.no




arquivo da lembrança





em que se____lê


todas as____"histórias"____



__________...___________





lindo o teu poema













beijO____C_____carinhO

Menina do Rio disse...

A criança cresce, a estrada segue sempre em frente, mas as memórias ficam...

Um beijo pra ti querida e um órimo final de semana

Fabiana Borges disse...

gostei!!! :)

bjos querida.Tudo bem por aí?

Paulo Sempre disse...

Gostei da "viagem" que este espaço me proporcionou.
Obrigado
Paulo

O Profeta disse...

Na água tudo se perde
Lavas do rosto a desventura
Uma lágrima é simples gota
Perdida do mar da ternura


Boa semana


Doce beijo