segunda-feira, setembro 21, 2009

Depressão



Depressão nada mais é
Do que estar à beira do abismo.
Deixa cair quem quiser,
Sobressai quem quiser.
Deixa de lutar, a meu ver,
Quem não acredita no vôo da águia.
Águia voa com coragem,
Busca do abismo suas mais terríveis forças,
Busca vida intensa.
Águia minha que move meu coração,
Será que cheguei ao fundo do poço?

Depressão nada mais é que a doença do século,
A meu ver,
É a desculpa que assola a sociedade.
Pobre sente depressão,
Quando acaba o pão,
Nem o arroz com feijão tem na panela.
Pobre então,
Sofre de depressão.

Depressão a meu ver,
É quando tudo acaba em vão.
Saio do estado terminal,
Entro na condução que me guia à
Perturbação.
Conflitos psicológicos
Da vida/sedução.
Objetivos alcançados,
Mas, por força da minha vontade
Canto esta canção.

Depressão quem não teve?
Peço para;
Apenas observar o vôo livre da águia, e
Pensará cada qual em seu
Coração.


Paola Vannucci
21/09/2009

7 comentários:

Wellington disse...

"Saio do estado TERMINAL,
Entro na CONDUÇÃO que me guia à
PERTURBAÇÃO."
Este trecho do poema me faz pensar no livro de George Orwell 1984, quando me parece que toda a humanidade entra em uma sorumbática depressão. Suas antenas estão, Paola, como sempre, captando as fobias sociais e transformando em poesia.

Harold disse...

Paola! Seus textos são bons. Há qualidade neles. O de hoje me fez lembrar uma canção de uma banda de rock paulistana que gosto bastante. Lhe ofereço.
Beijos!
http://www.youtube.com/watch?v=7whVkEl_h-g

Hamilton disse...

Parabens Paola? Não sou a pessoa conhecedoura na matéria! Mas! (Depressão) e video? vicaram maravilhosos...

Fragmentos Betty Martins disse...

.________querida Paola



{regressada de férias:=}



penso que quando falta o pão na mesa________não existe tempo para a depressão_____mas sim! para a acção!!!



amo os teus textos_____mexem com os "sentidos"





________________///








beijO_______ternO

Anônimo disse...

Olá Paola como vai!
Li seu texto que fala sobre depressão um texto escrito com muita saberia e inteligência parabens um rande abraço.
Celso.

Ribeiro Halves disse...

Coração de Águia:
voar alto, saber solene
o nobre da vida...

Mas, a vidinha
abate esse coração:
tristeza e dor, vácuo, nada.

Eis a doença do século:
a doença das almas
que não saboreiam...

Mais que nunca
é preciso anunciar
nosso coração de Águia.

Rob Novak disse...

A tristeza crônica, profunda, que se caracteriza como depressão tem diversos motivos como base. É algo complicado de se extirpar. Precisa-se saber ao certo a real razão de tudo isso e mesmo assim é um processo que leva tempo.
O melhor mesmo é nem entrar nesse estado, porque sair depois é tarefa que requer uma coragem avassaladora.
Talvez seu voo de águia seja o impulso que falta para se distanciar de tal condição.
Bjs