Legal – Ilegal



Poesia – legal.
Roda – viva / Prazer – legal.
Estudar por obrigação – ilegal,
Estudar por paixão – legal.
Legal é se divertir,
Ilegal é passar frio no terminal de ônibus.
Isso é mal.
Terrível é comer arroz sem sal,
Pimenta é normal,
Passar fome é ilegal.
Comer coxinha é legal,
Esperar o ônibus no terminal é abuso, é ilegal.
Legal é passar férias em uma ilha paradisíaca,
Ilegal é enfrentar um vendaval nesta mesma ilha,
É temporal.
Ilegal é doer o braço
Escrevendo uma poesia legal.
Legal é sorrir,
Ilegal é mentir...
Para acabar legalmente
Uma poesia diferente,
Basta usar a mente.
Ficou legal?


Paola Vannucci & Suelen Loureiro
14/09/2009

Comentários

david santos disse…
Olá, Paola!
Legal!!!!!!
Abraços e um bom fim-de-semana.
Hamilton disse…
ÓTIMO PAOLA VOCE MERECE TODO O NOSSO CARINHO E CONSIDERAÇÃO.......
Ribeiro Halves disse…
...muito legal !!!
Parabéns.
Abraços caligrafados no coração.
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Daniel Aladiah disse…
Querida Paola
Tá legal :)
Um beijo
Daniel
Projeto Rodka disse…
bem simples, bem legal
celina vasques disse…
MARAVILHOSO POETA!

ADORO PASSEAR ENTRE TEUS ESCRITOS!


BEIJOS MEUS!

Postagens mais visitadas deste blog

Homenagens aos pais - Minha formatura

Isadora Duncan (americana, 1878-1927 :: bailarina)

A Cor que Chama Sua Atenção