Lago do Ibirapuera



São Paulo,
é um monumento cheio de contrastes,

nele se vive a amargura, a agonia, a ânsia da busca da felicidade,
uns pedem pão, outros pedem mais poder,
uns fedem misérias nas tórridas noites com seus excstasy,
outros lucram, nas feiras montadas a céus abertos,

São Paulo,
distante estou,
apareço para comer da boa pizza do Bairro do Bixiga,
local do meu nascimento.
quando nasci, não era nada disto,
estava livre, pensava eu, sai do ventre de minha mãe....
Penso, existo, mas ainda não tenho certeza pra onde vou.

São Paulo,
antes garoa, agora enchentes,
caos implantados por débeis homens...
Mas volto ao Ibirapuera que cheira pureza
numa breve caminhada para contemplar
um dos muitos lugares mais belos que se tem nesta cidade.

Paola Vannucci
20/12/2009

Comentários

Sr. Sete disse…
hum, se achas belo o não belo, voltemos a Sartre e convoquemos a indivudualidade do Belo, ou a Virilio e corremos na velocidade individual do Belo.

A pureza da resposta da criança não torna aquilo q não é num ser.

Como diz meu amigo que vem do belo/não belo: PAH e POW!
smrabelo disse…
Que Lindo SEU POST-POESIA, Paola...
PRECISO VOR AQUI MAIS VEZES, AMIGA !!!BJS DE PAZ!!!
Daniel Aladiah disse…
Querida Paola
Sinto que colherás todo o amor que tens semeado. Cada ano melhor!
Um beijo
Daniel
BLOG DO VALMON disse…
Paola minha amiga,
vc como sempre muito precisa e inteligente, adorei esse texto.Parabéns.
L. Rafael Nolli disse…
Olá, Paola. Muito bom esse post. Parabéns.
Harold disse…
Entendo seu texto. Sei que São Paulo vive situações calamitosas assim como vivem New York, Londres, Berlim, Tokyo e demais mega-metrópole. Mesmo assim, quero decalrar meu eterno amor a esta cidade.
Viva do dia 25 de janeiro!
Beijos!!!!
Hamilton disse…
PARABENS MINHA AMIGA PAOLA! SÃO PAULO SUA TERRA NATAL, APESAR DOS PROBLEMAS QUE ESTÁ AFETANDO A CAPITAL, SUA CAPITAL, QUE NOS DÁ MUITO ORGULHO! MESMO ASSIM! JA ESTÁ EM CLIMA DE FESTA... PARABENS AMIGA... HÁ! ADOREI AS POESIAS, DA NAU E DE SÃO PAULO... UM GRANDE BEIJO...

Postagens mais visitadas deste blog

Homenagens aos pais - Minha formatura

Isadora Duncan (americana, 1878-1927 :: bailarina)

O preço da honestidade