terça-feira, outubro 09, 2007

Felicidade!

Custa-me pouco ser feliz
Basta uma resposta
E tive,
Tenho e muitas vezes não a vejo,
Que cega sou diante da vida!
Mas a mim cabe o sorriso sempre
Chorar?
Sofrer?
Morrer aos poucos?
Se a vida que está dentro de mim
Está para o amor
Tenho um amor no fundo do baú
Que pulsa como um rio, nunca seca.
Tenho vida que transborda vida
Os rochedos são difíceis e me machucam
Mas os encaro e neste desafio vejo-me no topo
Objetivos e metas alcançados
E
Alegria de apenas enxergar o que me cegava
Feliz novamente!!

Paola Vannucci

09-10-2007



10 comentários:

Patty disse...

Oi Paola!
Fiquei feliz em saber de que de alguma forma contribui para inspirá-la no post; valeu!
Não tenho tanta genialidade assim quanto você para poetizar, mas estou tentando.
Esse poema de hoje ficou lindo!
bjo;
Patty

Harold disse...

Parabéns Paola!

O Profeta disse...

Lindos são os teus sentires, tristes mas...lindos...


Doce beijo

Rita Costa 'Alma de Poesia' disse...

Olá,Paola.
Hoje, além de desfrutar o aconchego de seu lindo blog e beleza dos versos como no poema acima que amei!
Vim também te convidar para ler o meu “meme” postado no link abaixo:

http://natureza-poetica.blogspot.com/2007/10/como-eu-escrevo-meme.html

Também pode conferir na postagem que carinhosamente escolhi você para dar continuidade a essa gostosa brincadeira, mas claro que a escolha é sua.
Aguardo sua visita! E desde já te agradeço. Obrigada! Beijus querida.

Jr. disse...

Amigo, só o amor nos salva da destruição e do pessimismo!

Muito bons seus textos, todo o blog. Te linkei do meu, se gostar me linke também :)

Sds

Um Momento disse...

No coração está o sentimento
Umas vezes mais felizes que outras . mas vivemos
Um sorriso , um olhar ...
E o nosso dia será mais belo
Deixo um beijo
(*)

Analuka disse...

Sim, Paola, às vezes um gesto, uma palavra, um olhar, uma flor podem nos fazer felizes!... Basta estarmos atentos, com os olhos da alma abertos à Vida, ao Amor Maior... Abraços alados!

tibeu disse...

Olá
Fico sempre deslunbrada quando passo por aqui, tinha perdido este endereço e agora não sei como surgiu á minha frente(sei sim , como foi).
Me perdoe estar tanto tempo sem aparecer e tambem perdi um poema que me mendou á muito tempo e que guardei para postar e não cheguei a faze-lo por problemas no pc. Adoro esta poesia. Vou voltar. bj

Leila Lopes disse...

As melhores respostas estão dentro da gente. O amor é sempre a notícia melhor.
Belo dia pra ti.
Bjo

Anônimo disse...

NA TERRA EM QUE VIVEMOS TEMOS NÃO EXATOS 12 H0RAS DE CLARIDADE E TEMOS 12 HORAS DE ESCURIDÃO, ESTE TEMPO NOS DÁ CONDIÇÕES DE VIDA INTELIGENTE NESTE PLANETA,ENTÃO TEMOS 2 EXTREMOS, O DO SOL E O DA NOITE E UMA SÓ NOITE DE BREU CONPLETO QUE É O DIA DA LUA NOVA. DE SOL TEMOS DIAS NUBLADOS QUE É CLARO MAIS NÃO TEM SOL.
ISTO É NATUREZA E O HOMEM A FACE DA TERRA É TB NATUREZA ,DEUS NÃO VE DIFERENÇA ENTRE UMA BACTÉRIA E O SER HUMANO.
TUDO QUE VEMOS E TEMOS PROVEM DOS EXTREMOS ,NUNCA A IGUALDADE É CRIATIVA, COMO PODERIAMOS TER INSTRUMENTOS SE TODOS OS HABITANTES DA TERRA FOSSEM CLONES DE PAOLA OU NELSON, TUDO BEM IHUALZINHO, O UNIVERSO É FEITO DE FRIO E CALOR, E ETC ETC, NÃO TERIAMOS A JUSTIÇA SE NÃO HOUVESE A INJUSTIÇA.
BEIJOS CALOROSOS DE NELSON UM AMIGO INCONDICIONAL. BELEZA E BEIJOS