VERDADE!



Nada mais é do que justiça, eu acredito na verdade desde que haja dois fatos duas respostas e uma se sobressaia justamente.
Verdade minha, não é sua, mas somente uma opinião que tenho sobre tal assunto.
Será que as sagradas escrituras são realmente certas, escritas por profetas de Deus
qual a verdade desde que o mundo iniciou
Verdades contadas pelos homens que morrem sem saber o porque de estar vivo.
Vou morrer logo e espero que seja logo mesmo, pois devido a tanta injustiça do mundo prefiro a morte, a viver e provar que minha verdade ou a justiça de quem não tem lei seja nula.
Verdades banalizada e disfarçadamente criticadas por poucos que sabem o que é viver
verdade roubada dos políticos que nos roubam injustamente.
Credo
a vida dá um nó certeiro as minhas veias meu sangue segue impuro pela vida.
Minha verdade será a morte, a única justiça a qual tenho certeza, de resto, podres e covardes homens que preferem injustiçar quem nada tem.

A IN-VERDADE!

Comentários

Fabiana Borges disse…
Injustiça....a unica coisa nesse mundo que provoca minha IRA.
.. :(
Daniel Aladiah disse…
Querida Paola
A tua morte nada resolve... nem depende de ti, se acreditares que tens a tua missão, à qual não deverás virar as costas...
Um beijo
Daniel
Leila Lopes disse…
O importante é conservar a sua verdade interior e se saber leve de coração, não importando o dia da morte...
bjs, querida!
Concordo com O Daniel daí de cima. O mais importante é você ter consciência de sua missão!

Beijos e nada de morte por aqui!
Navi Leinad disse…
Não deixa a morte ser tua única verdade, terás uma péssima surpresa quando ela acontecer e a verdadeira verdade sobre a vida te for aclareada novamente.
Caracolinha disse…
Olá, se puderes passa na casca e assina a petição.

Divulga.

Obrigada.

Beijo encaracolado.
Analuka disse…
Penso que o mais importante é mesmo descobrirmos nossa verdade interior, como diz Leiluka... e viver cada momento com amor, intensidade, clareza... a despeito das dores, manchas e asperezas do mundo, que não podemos eliminar, e que fazem parte do aprendizado da existência: cada qual é livre para escolher e desenhar seus caminhos... alguns escolhem o da luz,da amabilidade... outros, o do egoísmo, da destruição... Mas, quem crê na potência do Bem, não teme, nem mesmo a Morte, que faz parte do ciclo vital... Abraços alados azuis!
Harold disse…
Oi Paola!
Eu gostei bastante deste texto. Sinto sua literatura muito viva, pulsante. Como se re-afirmasse o seu talento. Cheio de verdade e verdades.
Às vezes, venho ao seu blog. Sei que seus textos são bons, artísticos. Porém, admito, fazia tempo que não me snetia empolgado com sua literatura. A VERDADE me fez olhar, de novo, com entusiasmo para sua obra. Faço votos de que você sejam sempre vibrante na sua arte. Escreva sobre alegria e flores; sobre tristeza e desenganos mas não perca esta coisa talentosa que há em você. Não se deixe vitimar pela pena ou por outro sentimento inibidor da boa literatura.
Parabéns!
Tudo de bom sempre!!!
Anônimo disse…
Olá Paola!! Li o seu texto, ele é bem autêntico como vc ! Senti nele a pura verdade e senceridade na sua poesia. Valeu!!!
A verdade é uma definição variante... cada cultura, cada comunidade de uma cultura, cada indivíduo de uma comunidade possuem-na de forma distinta... a verdade é aquilo que eu creio e, o meio pelo qual,eu, um ser único, tenho por convicção em poder transformar a mim mesmo e o que e, quem me circunda... A verdade é a única força que pode transformar de forma justa a sociedade em que vivemos... Pode parecer dogmático isto, mas, quando se tem a certeza de que o bem que faço agora pode resultar em mudanças, a nossa verdade vale a pena, acima de tudo... Viva a Verdade que há dentro de vc...
Anônimo disse…
Amiga ...
Saudadesssssssssssss
Beijos
Carmen Amorim
Eclipse Mental disse…
Passando pra te deixar uma beijoca..........te cuida!

Postagens mais visitadas deste blog

Homenagens aos pais - Minha formatura

Isadora Duncan (americana, 1878-1927 :: bailarina)

O preço da honestidade