Natal


Quero refletir ao invés de
Repetir frases das quais cansei de ouvir
Durante o ano.
Quero a mansidão das palavras e o coração de Cristo,
Para viver uma nova fase e
Inovar meus conteúdos.
Quero nas faces cultas e ocultas,
Vida que transpõe o ser inteligível e tangente,
Do qual pulsa e vibra
No toque de cada descoberta.
Quero entender que
A cada fase vivida,
Descubro que ainda posso mais e mais.
Refletir é repensar, portanto realizar.
Sem falsas promessas,
Refletir é estar em comunhão,
Olhar para os olhos de Deus.
Pensar que não estou só,
Mas que durante o decorrer
Da vida minha fé abalada,
Seja fortalecida em resposta d’Ele.
Quero um mundo suave e forte
Para que possamos mudar
Conscientemente nossa trajetória.
Natal não é só ceia a meia noite e nem
‘Papais Noel’
Quero ainda entender todas as frases repetidas
Que li e as releio todos os anos passados.


Paola Vannucci
27/12/2011

Comentários

SIGRID SPOLZINO disse…
Acredito que quando desejamos as coisas diferentes, temos que fazer acontecer dessa forma. Sucesso no seu caminho, poeta! Baci
poesias disse…
Parabéns amiga Paola, continue trilhando este caminho magnífico do sonho... e, da esposição brilhante do seu interior...,nos presenteando com o seu belo trabalho poético.Sucesso
Blog do Valmon disse…
Excelência de escritos. Obrigado Paola, vc é maravilhosa, os vídeos também são de excelente gosto musical, aliás refletem um pouco sua personalidade, te adoro minha amiga. Bjs, abraços
Paola, poetinha de um coração encantador, sábio e amoroso.
L. Rafael Nolli disse…
Paola, esse poema tocou fundo! Gostei muito da pertinente reflexão sobre o Natal, sobre tudo que ano a ano desejamos e esperamos!
Muito bom!
Abraços!
Daniel Aladiah disse…
Querida Paola
Tudo de bom para 2012!
Beijo
Daniel

Postagens mais visitadas deste blog

Homenagens aos pais - Minha formatura

Isadora Duncan (americana, 1878-1927 :: bailarina)

O preço da honestidade