sexta-feira, outubro 27, 2006


Religião não se discute!

A mim não cabe discutir religião.
Se freqüento essa ou aquela igreja, mas o fato é que o ser humano a deturpa tanto que nem mesmo me sinto bem indo a uma igreja me confessar a Deus. Sei que posso estar errada, mas quando freqüentamos qualquer crença, mesmo a mais estranha, é por que necessitamos de conforto a nossas almas.

Seicho noie - dizem que é uma seita
Espiritismo – macumba

Católicos - se nem ao menos crisma fiz - lugar onde se freqüenta tantos e muitos devotos a santos, na realidade A Igreja Católica é onde se encontra o mais fieis, os mais devotos e verdadeiros seguidores da vida de Cristo.

Evangélicos - há dois grupos - os do inicio da Santa Inquisição - os verdadeiros protestantes - Lutero, João Huns, e por aí vai Ellen G White a adventista e profetisa...

Evangélicos modernos - Os que acham, pensam e agem influenciando pessoas as derrubando cada vez mais a uma miséria psicológica com suas lavagens mentais e o resultado são ganhar alma para Jesus.
Religião não se discute, mas ao meu ver o que se discute é a guerra de cobiça de ganância de poder de falsos profetas, de superstições de apavorações.
O ser humano precisa de Paz, amor, aconchego, vitória, casa, comida, vida, dignidade, tudo sem luxos, tudo sem mentiras. Tudo, mas com fé em um deus.
As tribos indígenas eram felizes antes do homem branco os catequizarem 'Católicos Jesuítas' doenças e mortes tiveram, o que resta dos nossos índios?
Religião é a dominação pelo e para o poder...
Vaticano símbolo de riqueza.
Universal símbolo de roubalheira tirando até as calças de quem não tem como dizimar.
Mormos onde se faz jejuns para que no final dos tempos eles sejam salvos - teve uma época que ele eram a 5ª maior igreja rica do mundo, e por aí vai...

Religião não se discute se TOLERA!!!!
PAOLA VANNUCCI

9 comentários:

Carlos disse...

Paola, minha doce e sábia amiga, muito bom seu post, após um pequeno recesso, só mudaria uma coisa, acho que não seria o caso de tolerância, mas de respeito mesmo. Devemos respeitar as diferenças, respeitar o outro como outro e não como parte de nós no outro. Se não existissem as difreneças o mundo não seria tão perfeitamente divino. a criação de Deus tem suas difrenças e é por isso que cria-se novas formas de vida, que existe o ciclo vital... Precisamos respeitar sempre e o máximo, pois só tolerância é pouco para nós que somos racionais e sabemos que fora de nosso "eu", existem "outros". Beijos no seu coração e na sua alma. te amo, viu?! Espero que em breve você conheça a minha filha amada!

Mily disse...

Concordo plenamente com o comentário do Carlos. Respeito é a palavra-chave para que as distâncias entre os corações sejam diminuídas.

Acredito serem vários os caminhos, mas todos conduzem a um só Deus.

Amiga querida, esqueceu de mim? Estou aqui morrendo de saudade de você...

Estou mandando e-mail para as minhas pequerruchas, com uma nova historinha.

Para meus três amores... beijos, sorrisos, flores... com muito amor!

Luisa disse...

A religião não se discute? Acho que se pode discutir desde que seja para nos compreendermos melhor uns aos outros.

Fabiana Borges disse...

realmente...
naoa dianta........cada um com a sua ou sem... e ponto final..

bjossss viu?

Navi Leinad disse...

Devemos respeitar a crença alheia. Cada pessoa escolhe no que quer acreditar, e se isso o faz deturpar o significado do respeito mútuo, basta estabelecer diálogo construtivo.

rui disse...

Cara Pavann
É um assunto muito delicado, podemos ferir inadvertidamente várias susceptibilidades de inúmeros quadrantes, falando de forma leviana. Temos que proceder com muito tacto ao abordar este tema. Você foi objectiva sem ser ofensiva. Registo a sua coragem.
Boa noite
Beijinhos

marconi leal disse...

Boa, Paola. É isso aí, perfeito. Quanta tragédia já causaram no mundo as discussões fanáticas em torno do assunto? Beijos!

citadinokane disse...

Espiritismo - Alan Kardec.
Umbanda - afro-cultura.

citadinokane disse...

Tolerando sempre!
Amando sempre!