terça-feira, setembro 02, 2008

Felicidade resistente



Felicidade resistente.
Persiste nas palavras.
Nos desejos,
Nossos encontros.
Felicidade realizada.
Conturbada pelo momento e distância,
Felicidade norteada...
Quanta saudade!!
Ainda bem que tenho saudade.
Pois as lembranças me fazem sorrir.
Por que sorrio?
Riso tirado e roubado pela vida sofrida...
Sorrio por simplesmente lembrar;
Seu rosto, corpo desejo...
Alma,
Sorrio!!
Felicidade farta e presente no brilho dos meus olhos.

Paola Vannucci
02/09/2008

5 comentários:

Neneca Barbosa - Um ser humano em evolução! disse...

Oi amiga! Como sempre nos transmitindo lindos versos.
A felicidade sempre bate em nossa porta, quando deixamos que ela entre.
A saudade! Ah! Sentimos mesmo e ela é sonora, porque só temos saudades de quem fêz belo o nosso caminhar.

Um beijo!

Claudia Pit disse...

oi Paola!!!
qnto tempo....rsrs.
Adorei a poesia. Felicidade é bem complexa, pois, pra mim, posso ser estar feliz mas não estar feliz.... Xiii, acho que embolei o meio de campo...rsrs
Bjos

flor disse...

como sempre sua sensibilidade e doçura me encantam, te adoro, obrigada por tatas coisas belas.


amor amor

Anônimo disse...

Amiga, q lindoooo
Vc é demais...amoooo vc
A PAZ!!!
Bjsss !
Sandra.

Harold disse...

O seu poema tem muito valor. Bem escrito, bonito.
A música que você postou foi bem escolhida. Gosto muito de C'est la vie. Aliás, gosto muito do trabalho de Emerson, Lake & Palmer.
Beijos e poesia!!!!