segunda-feira, outubro 06, 2008

Fidelidade





Meus sentimentos somem ao longo do tempo e do espaço.
Perco-me mais uma vez.
É triste saber por mais que eu querira, nada conquistei.
Angustio-me novamente e
Presa aos meus desejos fico
sem poder lhe falar.
Choro calada e sofro em vão...

Fidelidade?

Qual o valor desta palavra?


Paola Vannucci
06/10/2008

2 comentários:

Harold disse...

Legal este seu poema!
Beijos e saúde!

SUE disse...

MUITO LINDO!