ARMAS

No ano passado no Brasil teve um plebiscito sobre a questão das armas. E, no entanto agora temos um problema seriíssimo que é a questão dos Agentes Penitenciários das cadeias públicas do país, sobretudo em São Paulo. Somente em São Paulo, têm-se mais de 144 mil presos e por volta de 30 mil vagas para os devidos agentes penitenciários.
Vocês já pararam para pensar na proporção? Isso sem contar que o cabra sai do serviço e corre risco de morte.
Vocês já pararam para pensar que um Agente Penitenciário poder ter uma família como a sua, a minha, a nossa?
Pois bem não sei ao certo quanto ganha um agente penitenciário, mas será que vale a pena se sacrificar por tão pouco, pela insegurança que o governa dá?
A briga de hoje é para que os agentes tenham porte de arma em tempo integral.
Vocês acham que eles merecem?
Será que eles realmente sabem manusear as armas?
Será que um homem qualquer que votou “não” ao desarmamento está preparado a dominar e sacar uma arma numa situação de perigo?
O que esses agentes querem é poder viver uma vida como a de qualquer família.
Como você, pai, mãe de família vive quando sai do seu trabalho e anda livremente sem que nenhum ladrão, bandido, o siga fazendo ameaças do tipo:

sei onde você mora;
estou na sua mira;
se eu te matar seremos mil a dominar...
Não me prolongarei muito, mas acho que dá para todos pensarem.

PAOLA VANNUCCI

Comentários

Caracolinha disse…
Ora cá estou eu para me maravilhar com o que escreves neste teu espaço renovado ...

Beijinho GRANDE e encaracolado minha querida.

Tudo de BOM !!!!
Blogue da Magui disse…
Esse problema de SP alem de ser regional esta sendo uma aula para todos os bandidos do resto do pais.
Adryka disse…
Amiga o que escreves dá medo, sei que o Brasil é muito bonito, mas tem aí uns caras que te vou contar. beijinhos para ti
Ana disse…
Oi amiga,Bom FDS, Bjossss
l. rafael nolli disse…
Paola, a situação está preta mesmo. Isso está virando uma guerra civil... Olha, enviei um e-mail para ti com algumas informações sobre publicação de livros... Aguardo sua resposta! Abraços!
João Matsumoto disse…
Oi Paolinha, sempre preocupada com os problemas, mazelas do Brasil, em querer um mundo igual, mais humano e decente, isto graças a sua doce sensibilidade e seu doce carisma. Parabéns sou um admirador de sua alma e do seu coração!! Ahh paolinha, esqueci de avisar hj quem comentar em primeiro nao ganha um bjo especial meu, so quem comentar em segundo em adiante..rssss Brincadeirinha...quem vai querer um bjo meu...rss Bjoss

Postagens mais visitadas deste blog

Homenagens aos pais - Minha formatura

Isadora Duncan (americana, 1878-1927 :: bailarina)

O preço da honestidade