terça-feira, julho 25, 2006

DANÇA DA LOUCURA


Nossos olhos escureceram o dia
Fazendo nos enxergar o milagre do amor
Doce momento que passei
Doce desejo trancado a sete chaves
A Yves toca a dança da alegria
A Yves introduz misericórdia divina a todo o momento
Sempre soube de sua existência, mas...
Como num piscar de olhos
O sonho veio a tona
Você veio, a sina completou.
Ah! Meu amor agora resta a saudade deixada,
Espaço vago.
Ah! Meu amor resta-me lembranças,
Como as quero tê-las
Ah! A dança é louca e sem conclusão
Confusão
Tortura...
Felicito-me porque provei da dança,
Você veio numa nuvem clara de outono
Isso que importa,
Continuarmos a dança louca desse amor!
A Yves ainda canta
Com sua doce voz ao entardecer
O anoitecer apenas, não tive...
O amanhecer concede-me o brilho do sol a furtar
O espairecer será eterno ao pensar que
Naquela tarde nos envolvemos
Tortura
Confusão
Condição
Dança da loucura
A Yves ainda toca a nossa música...
Felicito-me por esse dia.


PAOLA VANNUCCI

9 comentários:

Papoila disse...

Paolla:
Estes momentos nunca acabam quando deixam recordações tão ternas.
Bonito poema.
Quem canta aqui no teu blog?
Beijo

Conchita Machado disse...

Belo este Poema! Doces Palavras...
Beijinho
ConchitaMachado

Fabiana Borges disse...

tbm gostei mto do seu espaço :)
tô passando rapidinho...mas volto c calma e comento melhor.

bjos

Claudio R. disse...

Poesia magnífica, és uma bela poetisa, ainda quero ter o prazer de presenciar uma delas no Eflúvios Literários

Blogue da Magui disse...

Se vc esta feliz, e o que importa.

Claudia Pit disse...

Oi Paola, não conhecia esse blog, mas me apaixonei!
bjsssss

L. Rafael Nolli disse...

Puxa, Paola, hoje eu encontro dois belos poemas aqui: ambos líricos, falando do sublime: o amor dos homens e o amor pelos homens! Adorei ambos!

Luisa disse...

Como sempre, lindos poemas! Aproveito para agradecer a visita ao meu blog.

LuisF disse...

Genial,Unica,Formidavel..
prometi i aki deixo pra vc,akele bjão,te amo,não xkece..
LuisF.